Pesquisar no site

Categoria: Dicas de Saúde

“Evite o ódio, a raiva e a mágoa porque esses são venenos que atingem você e não o adversário”

1) Busque um sono melhor, mais profundo e reparador;
2) Envolva-se com uma alimentação mais adequada com seu gasto calórico;
3) Introduza o movimento na sua vida.

4) Encontre um tempo por menor que seja para o relaxamento e atividade física;
5) Tenha a atitude simples de buscar estar presente com sua cabeça onde está o seu corpo;
6) Ao acordar antes do café da manhã tome um copo d’agua;
7) Faça respirações profundas e tranquilas sempre que se perceber vivo;
8) Espreguice e boceje várias vezes por dia;
9) Traga ao seu mundo social mais amigos. Pessoas queridas são fatores fundamentais para adquirir uma vida melhor com mais resultado e qualidade;
10) Se possível, more perto do trabalho;
11) Não se irrite no trânsito. Irritar-se no trânsito produz uma péssima qualidade de vida, porque o trânsito está muito inserido no nosso dia a dia;
12) Tenha uma boa alimentação mental. Não esqueça de que para aonde vai a sua cabeça, a vida corre atrás. Pense coisas boas, que a vida assim também será da mesma forma;
13) Evite o ódio, a raiva e a mágoa porque esses são venenos que atingem você e não o adversário; pois levam para a corrente circulatória hormânios que irão destruir uma boa perspectiva de vida. Seja esperto, não odeie as pessoas. Não por ser bom para elas, mas porque é melhor para sua saúde e felicidade.

Você também poderá acrescentar outros itens que considerar importantes, acesse “CONTATO ”e envie sua sugestão que teremos o prazer de acrescentar !!

Postado em Dicas de Saúde

Como em quase tudo o que acontece de desagradável com o nosso corpo, a prevenção das varizes passa pelo estabelecimento de hábitos saudáveis como praticar exercícios regularmente, ter uma alimentação saudável, não fumar e evitar o estresse.

Embora os fatores genéticos não possam ser ignorados, hábitos saudáveis previnem e ajudam a curar varizes, mas existem alguns cuidados extras que podem ser tomados. Veja quais:

  • Evite o uso de saltos altos, pois eles atrapalham a circulação do sangue.
  • Consulte um médico e peça orientações específicas se for iniciar o tratamento com a pílula anticoncepcional.
  • Evite o hábito de carregar pesos. Se isso for inevitável, procure alternativas como carrinhos com rodinhas, por exemplo.
  • Não fique o dia inteiro na mesma posição. Se isso for inevitável, levante-se regularmente para liberar a circulação sangüínea.
  • Tenha cuidado com exercícios como a musculação ou a aeróbica de alto impacto, porque provocam uma maior tensão nos vasos e, por consequencia, a sua dilatação.
  • Evite permanecer em lugares quentes por muito tempo, como em saunas, sessões de bronzeamento ou banhos quentes, porque também provocam dilatação dos vasos.
  • Sempre que possível, deite-se com as pernas elevadas, para favorecer o retorno venoso, já que os pés ficarão mais altos que o coração.
Postado em Dicas de Saúde

“Pessoas com doença coronariana conhecida ou com história familiar do distúrbio entre parentes próximos deveriam ser prudentes e observar os conselhos recentes da Associação Americana do Coração para comer peixes gordurosos duas ou mais vezes por semana ou usar diariamente cápsulas de um suplemento de óleo de peixe”

Estudos anteriores sugeriram que suplementos de óleo de peixe poderiam reduzir a probabilidade de ocorrência de um segundo enfarte ou de derrame em pacientes que tiveram recentemente o problema cardíaco. Uma nova pesquisa revelou que esse suplemento nutricional também pode diminuir a chance de morte súbita.

Os resultados do trabalho demonstram que a redução do risco foi evidente após três meses. Esse fato parece reforçar a hipótese de que adicionar ácidos graxos poliinsaturados n-3 (conhecidos pela sigla em inglês PUFAs,polyunsaturated fatty acids) – geralmente encontrados no peixe e no óleo de peixe – a uma dieta saudável pode baixar a possibilidade de arritmia fatal, frequência cardíaca irregular que, em casos graves, pode provocar a parada do coração, informaram os autores da pesquisa.

“A redução da morte súbita apareceu logo após o início do tratamento”, disse Roberto Marchioli, chefe da equipe do Consorzio Mario Negri Sud, na Itália, à Reuters Health. “Isso parece reforçar a idéia de que os benefícios dos PUFAs poderiam ser consequência de um efeito antiarritmia.”

O estudo incluiu 11,3 mil pacientes que haviam sofrido um enfarte nos três meses anteriores. Todos os voluntários receberam os mesmos cuidados preventivos e fizeram uma dieta que segue o estilo Mediterrâneo – isto é, rica em frutas, vegetais, azeite de oliva e peixe. Algumas pessoas também consumiram diariamente 1 grama de suplementos de óleo de peixe.

Durante o período de acompanhamento, que durou 3,5 anos, 1.031 voluntários morreram, informou a equipe de Marchioli na edição de abril daCirculation, revista da Associação Americana do Coração.
Após apenas três meses de tratamento, os pacientes que usaram os suplementos de óleo de peixe pareceram apresentar um risco 41% menor de morrer por qualquer causa, indicou o estudo. Quatro meses após o início da terapia, esses voluntários também mostraram ter chance significativamente reduzida de sofrer morte cardíaca súbita.

Ao final do período de estudo, os pacientes tratados com suplementos de óleo de peixe apresentaram probabilidade 45% menor de ter morte súbita por causas relacionados ao coração, informaram os cientistas. Com base nesses resultados, Marchioli afirma que os benefícios dos suplementos de óleo de peixe “parecem ser adicionados aos benefícios que podem ser obtidos pelo tratamento preventivo padrão”.
“O uso diário de uma cápsula de óleo de peixe concentrado ao longo de 3,5 anos resultou numa redução muito significativa da morte cardíaca súbita. Por isso, uma mudança simples e segura na dieta pode produzir um grande benefício em termos de saúde pública”, disse o editorialista Alexander Leaf, da Escola Médica Harvard, em Boston (Massachusetts), à Reuters Health.

“Pessoas com doença coronariana conhecida ou com história familiar do distúrbio entre parentes próximos deveriam ser prudentes e observar os conselhos recentes da Associação Americana do Coração para comer peixes gordurosos duas ou mais vezes por semana ou usar diariamente cápsulas de um suplemento de óleo de peixe”, acrescentou Leaf.

Fonte: Reuters Healt

Postado em Dicas de Saúde

Vantagens

  • Melhora a circulação e a atividade do coração, além da diminuir os riscos de problemas cardíacos.
  • Reduz gorduras localizadas e é excelente para quem é sedentário e quer começar um programa de exercícios.
  • Com a caminhada, o risco de lesão é pequeno, já que a atividade é de baixa intensidade.

Riscos

  • Os riscos da caminhada são quase que inexistentes. Mas eles podem aparecer se a pessoa não tiver acompanhamento médico ou se o ritmo da caminhada for intenso.
  • Os batimentos cardíacos não devem ultrapassar 75% a 80% da freqüência normal.
    • Observação: para calcular a sua freqüência cardíaca ideal, usar a fórmula: 220 – idade = freqüência cardíaca total (100%).
  • Uma pessoa sedentária corre mais riscos que uma pessoa ativa, tanto na caminhada como em outras atividades físicas.

Período mínimo para fazer efeito

  • De três a cinco vezes por semana, 1 hora por dia.
  • Para quem estiver começando, o ideal é alternar um dia de descanso.

Gasto calórico médio

  • De 200 a 500 kcal/hora, dependendo do rítmo.
    • Observação: A queima das gordurinhas depende do sexo, idade, metabolismo e condicionamento físico da pessoa.

Quem deve fazer

  • Todas as pessoas, das mais diversas idades, desde que tenham passado por uma consulta médica.

Entre em contato e marque sua consulta!!

Postado em Dicas de Saúde

“Poder dormir sozinha significa que a criança está se tornando mais autânoma e independente emocionalmente”

O recém-nascido demanda muitos cuidados e atenção, sendo natural que os pais o coloquem para dormir no quarto com eles, o que também facilita na hora de amamentar. É uma fase de dependência total, em que mãe e bebê estão se conhecendo e requer mais observação. A mãe tenta se adaptar as necessidades do bebê, permanecendo inteiramente a sua disposição.

Em torno dos quatro meses, é preferível que o bebê durma em seu próprio berço, em um quarto separado dos pais, para que aos poucos, consiga estabelecer seu sono de maneira tranqüila, permanecendo mais horas sem acordar. Nessa fase, o bebê já consegue esperar um pouco mais, e é importante que a mãe vá diminuindo aos poucos sua disponibilidade. Bebês que dormem com suas mães costumam acordar mais vezes durante a noite para mamar ou para ficar com ela, demorando mais para conseguirem dormir uma noite inteira e para estabelecerem um ritmo de sono mais tranqüilo.
A maioria das crianças passa por uma fase, geralmente entre dois e cinco anos, que quer dormir com seus pais. Para a criança, é muito importante que ela possa dormir em sua própria cama em seu quarto, que pode ser dividido com seus irmãos.
Ela precisa ter um lugar de intimidade, perto de seus objetos, com seu espaço delimitado separado de seus pais. Esse espaço com suas coisas onde dorme enfatiza a idéia de que ela é criança, não adulta e sua posição na família como filha e não como parte de um casal ou no lugar de um dos pais. Para algumas crianças, ao ocupar a cama dos pais, elas também passam a querer dormir tão tarde quanto eles e a se imporem cada vez mais, confundindo os papéis.
Além disso, a criança que dorme com os pais pode pensar que é incapaz de dormir sozinha, o que é prejudicial para sua autonomia e gerar mais dependência em relação a eles. Mais tarde, isso pode atrapalhar na resolução de problemas cotidianos sozinha. A criança se torna mais insegura com dificuldade de enfrentar seus medos.
Muitas vezes, os pais permitem ou até estimulam que a criança durma com eles na cama. Isso está ligado a diversos motivos como, por exemplo, dificuldades de imporem limites, cansaço, culpa por achar que estão rejeitando a criança, pena porque se identificam com ela e se sentem sós ou até para encobrir possíveis problemas de relacionamento do casal.
É muito complicado também quando os pais não conseguem se posicionar e não estabelecem regras claras, oras permitindo e oras recusando.
Também é muito comum nessa fase a criança procurar a cama dos pais no meio da noite por causa de pesadelos. Nesses momentos, é muito importante poder tranqüilizá-la, acompanhá-la até sua cama e ficar com ela até adormecer. Essa atitude passa para criança confiança de que ela consegue dormir sozinha. Se nessas situações acontecer da criança dormir com os pais, não tem problema, desde que estes estejam atentos a seu papel de ajudá-la a lidar aos poucos com esses medos sozinha e a dormir na própria cama.
Poder dormir sozinha significa que a criança está se tornando mais autânoma e independente emocionalmente, que começa a lidar com seus sentimentos de agressividade e que se sente segura mesmo estando distante de seus pais.

Por Danielle Dittmers

Postado em Dicas de Saúde

Uma vida saudável é resultado de uma constante conduta preventiva. A boa alimentação, por exemplo, é essencial desde os primeiros anos de vida.

A visita ao médico com regularidade, ficar atento aos sinais do corpo, praticar exercícios físicos, evitar vícios como o fumo e o álcool são atitudes que ajudam a prevenir o surgimento de inúmeras doenças, como o câncer.

Alimentação deficiente em nutrientes e em substâncias protetoras oferece maior risco para o câncer se instalar no seu organismo.

Os principais fatores que aumentam as possibilidades do aparecimento da doença são: o baixo consumo de fibras e altos níveis de gorduras no organismo.

A dieta preventiva contra o câncer é feita à base de frutas, verduras, legumes e grãos com baixa quantidade de gorduras e calorias. É ideal também para quem sofre de hipertensão, colesterol alto ou diabetes.
Quer manter o câncer longe de você? Uma boa alimentação e hábitos saudáveis podem reduzir o risco de contrair muitos tipos de câncer.

Confira algumas dicas valiosas:

  • Os alimentos ricos em ferro (encontrado no leite materno, feijão, lentilha, folhas verde- escuras e carnes vermelhas) tornam o sangue mais forte e contribuem para prevenir a anemia. Devem ser ingeridos em associação com frutas ricas em vitamina C (laranja, limão, acerola, caju, por exemplo). Esta combinação – comer feijão e tomar uma limonada, por exemplo, é importante, porque a vitamina C fortalece o organismo e ajuda na absorção do ferro.
  • O mesmo não vale para leite e derivados: o cálcio que eles contém impedem que o organismo extraia o ferro dos alimentos. Assim, evite tomar leite e comer alimentos ricos em ferro na mesma refeição.
  • Os alimentos ricos em vitamina A (os de cores verde, amarela e alaranjada) são ótimos para a visão e pele, além de proteger contra a diarréia e alguns tipos de câncer.

Calcula-se que 1 em cada 3 casos de câncer pode ser prevenido adotando uma alimentação saudável, mantendo peso normal e fazendo atividade física ao longo da vida.

Fonte: Universidade Johns Hopkins

Postado em Dicas de Saúde

Siga estas 10 dicas para conseguir avançar e melhorar o progresso dos seus exercícios:

Treinar em uma academia comercial

O treinamento em casa é melhor do que nada, mas se você busca progredir seriamente você deve treinar onde os outros o fazem. A atmosfera de estar perto de pessoas com o mesmo objetivo ajuda a treinar mais duramente e elimina a preguiça de fazer exercício.

Aqueça bem os músculos

Nunca comece um exercício com o peso máximo. As primeiras séries devem ser leves e confortáveis para que seus músculos e articulações se preparem, assim como para que você se adapte mentalmente ao movimento.
Após este curto período de tempo você pode atacar o músculo sem risco de lesão.

Controle o ritmo de cada repetição

Não faça empurrões com um peso para levantá-lo por mais que eles pesem. Não use a inércia ou movimentos bruscos para levantar um peso com a desculpa de que ele é pesado. Se você tiver que fazer isto é porque o peso é muito. Cada repetição deve ser feita com um ritmo regular e uma velocidade controlada. A subida e a baixa do peso devem durar aproximadamente o mesmo tempo. Faça-os com suavidade.

Use exercícios compostos

Para ganhar força e volume em geral não há nada como os exercícios compostos. Os exercícios de isolamento permitem usar pouco peso e apenas afetam um músculo ou área muscular, enquanto que os compostos permitem usar pesos mais pesados afetando fortemente os grupos interessados e proporcionando um estímulo de crescimento geral em todo o corpo.

A intensidade é a chave

Ir para a academia dia após dia, para fazer roboticamente uma rotina pré-estabelecida não garante por si só nenhum resultado. Uma coisa é subir e descer de peso e outra, muito distinta, é treinar com intensidade. Após o aquecimento necessário, cada série deve ser realizada com intensidade, não quer dizer com um peso monumental, mas sim com concentração, força e controle mental.

Encontre o congestionamento muscular

Tente sentir uma profunda congestão muscular na área em que está trabalhando antes de terminar o treinamento desse músculo. O músculo deve estar completamente congestionado antes de passar para outro grupo.

Não fume

Fumar é prejudicial à saúde. O tabaco contamina o corpo e está ligado ao câncer e doenças cardíacas. Ele também afeta negativamente o apetite e destrói a vitamina C, além de danificar a capacidade respiratória e de recuperação pulmonar. Se você quer progredir muscularmente, evite o tabaco.

Treine com progressão

Tente progredir o seu desempenho anterior, em um exercício em cada sessão. Um par de quilos ou uma repetição a mais. O músculo cresce em resposta ao aumento da carga de trabalho.

Não se esqueça de trabalhar as pernas

O trabalho das pernas é muito exigente e difícil, mas afeta o crescimento geral de todo o seu físico. O grupo muscular é maior e mais forte nas pernas, se você o trabalha com afinco promove uma maior função respiratória e metabólica. Estimule o crescimento de todo o sistema muscular.

Varie séries e repetições

Como regra geral, não deve ser feito menos de três, nem mais do que seis séries para um determinado exercício. As repetições não devem ser superiores a 15, mas varie com frequência o número de séries e repetições para evitar que os músculos se habituem a mesma tarefa.

Postado em Dicas de Saúde

O que é mastectomia preventiva e que tipos de procedimentos são usados nela?

É a remoção cirúrgica de um ou ambos seios para prevenir ou reduzir os riscos de um câncer de mama. Ela pode ser total ou subcutânea. Na total, o médico remove todo o seio e o mamilo. Na subcutânea, ele remove o tecido mamário, mas deixa o mamilo intacto. Os médicos geralmente recomendam uma mastectomia total porque ela remove mais tecido do que uma subcutânea, dando maior proteção contra o câncer em qualquer tecido restante.

Por que uma mulher deve pensar em fazer uma mastectomia preventiva?

Mulheres com alta chance de desenvolver câncer de mama devem considerar a mastectomia preventiva como uma maneira de reduzir os riscos da doença. Entre os fatores que podem aumentar as chances estão: câncer de mama prévio, que aumenta as chances de desenvolver um novo câncer no seio oposto; histórico familiar de câncer de mama, o que faz da operação opção para uma mulher cuja mãe, irmã ou filha teve câncer de mama, especialmente se elas foram diagnosticadas antes dos 50 anos; e alteração de genes causadoras de câncer de mama, ou seja, quando há um resultado positivo em testes para mutações em certos genes que aumentam o risco de câncer de mama (como o BRCA1 ou o BRCA2).

Quão efetiva é a mastectomia preventiva na redução do risco de câncer de mama?

Os dados existentes sugerem que ela pode reduzir em cerca de 90% as chances de um câncer de mama em mulheres com risco médio e alto.

Quais são as desvantagens da mastectomia preventiva?

Como todas as cirurgias, podem ocorrer complicações como sangramentos e infecções. Além disso, a mastectomia é irreversível e pode ter efeitos psicológicos devido a mudanças na imagem corporal e perda das funções normais dos seios.

Que alternativas existem à mastectomia para reduzir o risco de câncer de mama?

Alguns médicos podem aconselhar monitoramento constante (mamografia periódica, avaliações regulares que incluam exame clínico dos seios por um profissional de saúde e auto exames mensais) para aumentar as chances de detectar o câncer em estágio inicial.

Fonte: Mayo Clinic Healt

Postado em Dicas de Saúde

O que é Tabagismo?

Tabagismo é o hábito de usar o tabaco ou o fumo, seja este industrializado ou não. O consumo ocorre através da inalação da fumaça do cigarro, charuto, cachimbo, cigarrilha, ou mascando o próprio fumo.

A dependência ocorre de graus variados, pois contém uma substância chamada nicotina. A nicotina, após ser inalada, atinge o cérebro em apenas 6 segundos, estimulando a liberação de outras substâncias que causam vários efeitos no organismo. Para cada 100 pessoas que fumam, 90 são dependentes da nicotina (90% de dependência), porcentagem bem maior do que os usuários regulares de heroína (50% de dependência) e de álcool (10% de dependência). Apenas 2 % dos tabagistas que param de fumar conseguem assim permanecer longe do cigarro por mais de 1 ano. O tabagismo mata prematuramente 1 em cada 2 fumantes por diferentes causas. No Brasil, ocorrem aproximadamente 125.000 mortes anuais por doenças decorrentes do fumo, ou seja, a cada 5 minutos um brasileiro falece por causa do tabagismo.

O hábito de fumar está associado ao aparecimento de diferentes doenças, como: câncer de pulmão, laringe, boca, esâfago, estâmago, pâncreas, bexiga, rim e colo do útero; acidente vascular cerebral (derrame); infarto agudo do miocárdio, dilatação da aorta (aneurisma de aorta) e morte súbita; bronquite crânica, enfisema pulmonar, descontrole da asma e alto risco de adquirir pneumonias e viroses; úlcera, gastrite e refluxo gastroesofágico; diminuição da fertilidade, impotência, maior risco de aborto, menopausa precoce, entre outras.

Pelo Teste de Fargestrom, é possível saber o grau de dependência de cada fumante:

Quantos cigarros você fuma por dia?

  • Menos de 10 = 0 ponto
  • De 11 a 20 = 1 ponto
  • De 21 a 30 = 2 pontos
  • Acima de 31 = 3 pontos

Após acordar, quanto tempo você demora até fumar o primeiro cigarro?

  • Após 1 hora = 0 ponto
  • Entre meia e uma hora = 1 ponto
  • De 6 a 30 minutos = 2 pontos
  • Até 5 minutos = 3 pontos

Você acha difícil parar de fumar em lugares proibidos como cinemas e ânibus?

  • Sim = 1 ponto
  • Não = 0 ponto

Qual cigarro do dia lhe traz mais satisfação?

  • O primeiro que fuma pela manhã = 1 ponto
  • Outros = 0 ponto

Você fuma mais durante a manhã do que no resto do dia?

  • Sim = 1 ponto
  • Não = 0 ponto

Você fuma mesmo doente?

  • Sim = 1 ponto
  • Não = 0 ponto

Já tentou parar de fumar?

  • Sim = 1 ponto
  • Não = 0 ponto

Soma dos pontos = grau de dependência

  • De 0 a 2 pontos: muito baixo
  • De 3 a 4 pontos: baixo
  • De 5 a 7 pontos: moderado
  • Acima de 7 pontos: elevado

Cessação do Tabagismo

O tratamento do tabagismo deve ser multidisciplinar. EM nosso serviço realizamos uma avaliação psicológica do paciente para identificar os gatilhos que levam ao vício e as possíveis motivações para parar. A partir daí, é traçada uma estratégia individualizada, utilizando-se de medicamentos que fazem a reposição de nicotina para evitar a abstinência, medicamentos que agem no sistema nervoso central para reduzir a compulsão ao fumo e medicamentos ansiolíticos, que ajudam a reduzir a ansiedade. A orientação de higiene na casa do paciente que deseja parar de fumar é muito importante, visando afastá-lo de pequenas armadilhas que aumentam a vontade de voltar a fumar. O acompanhamento é periódico visa tratar os sintomas decorrentes da abstinência e oferecer o reforço necessário para a cessação do tabagismo.

Além disso, são realizados exames para a detecção precoce de doenças decorrentes do hábito de fumar. É importante lembrar que quanto mais cedo intervirmos nestas doenças, menores serão as complicações decorrentes.

Temos experiência em cessação de tabagismo, procure nosso consultório para uma avaliação.

Postado em Dicas de Saúde
error: Este conteúdo está protegido !!